28 de mai de 2011

Pra quem ganhou "bolo"

Ouvindo Creedence



Quem quiser que noutra pense
Mas sou assim mesmo
Eu volto aos velhos tempos
Quando ouço Creedence
Vejo os barcos rolarem
As pedras dançarem
Marteladas de meninos travessos
Todos olhando do avesso
O mundo  conturbado que minha
 jovem vida conheceu
Sim, quem quiser que pense noutro
Tou no meu momento
Pois o seu morreu
Fique com o outro
Que ainda é seu rei talvez
Eu sou mais do reino de lá
Por aqui, naquele tempo,
 nossos líderes viveram momentos
fugiram também
e Neles se inspiraram
Agora só me resta esta solidão
Ouvindo Creedence
Pela manhã
Perco todo esse afã
De te rever
Quem quiser que com outro converse
Eu estou no meu real
Tou ouvindo meu reverse
Tou sentindo
Creedence  Clearwater Revival
A deAntônio

Nenhum comentário:

Postar um comentário