21 de out de 2011

AMOR

Eu não sei porque
você me mandou aquela poesia
dizendo que me queria
ela dizia
não sei se ela
ou você
quem mais me provocou
só sei dizer que acertou
como flecha de cupido
e eu me entreguei
a você
de alma e corpo estendido
e assim nasceu
esse amor bandido
que me atira
sempre no coração
tanto amor
tantos desejos
tanto tesão
 
A de Antônio

Nenhum comentário:

Postar um comentário