6 de fev de 2012

pra quem está naquelas horas ...

LIGA SIM, VIU...

Na hora que quiser

Pode ligar pra mim

Mas não ligue

Quando eu tiver

Com uma mulher

Se eu tiver com um amigo

Na hora que ligar

Vou ver se consigo

Deixá-lo pra depois

E assim a gente

Pode ficar só nós dois

Se eu tiver com a família

Vamos deixar nosso papo

Pra outro dia

E mesmo estando com um freguês

Às vezes dá pra gente

Marcar  nossa vez

Mas se eu tiver sozinho

Cuidado

Estarei aqui sofrendo

sem carinho

E aí não vá se lamentar

É que ando tão carente

 E mesmo estando assim doente

Tem hora que

O amigo, família, negócio

Não faz a gente se sentir no ócio

No ócio de saciar uma vontade

Sair desse alarde

De que estão deixando

Carícias pra mais tarde

Ah, carícia de palavras

Que  fala mais alto que a pele

E repele

Toda ausência ...

Ah, espere

Tem gente me chamando agora

Fica aí a mensagem

A gente se fala outra hora ...

A de Antônio

Nenhum comentário:

Postar um comentário