20 de mai de 2012

São tantas emoções... Lembra?


SÃO TOLAS EMOÇÕES



Sentimentos bobos que me afligem

Sentimentos idiotas que me comprimem

Preciso passar um zip

Nesses arquivos insolúveis

Preciso renascer

Ter menos volúveis

Essas ânsias que nem você vai aplacar

É tão grande o meu ego

Sei que diante de meu amor

Até meu  melhor amigo anda cego

Então por que mandar para os meus amores

Todos esses pendores

Se esta mensagem  você não vai ler

E se ler não vai entender

Houve o tempo de seu dedicado

Quando você usava o teclado

Pra me satisfazer

Agora só mesmo resta  o lamento

Foi-se o sol

Mas ficou um certo vento

E ele começa a me tremular

São bandeiras de alcovas

Me transgrido de Casanova

Meu titanic vai afundar

Tenho que me agarrar ao diamante

De seu sorriso, de seu brilhante

E me ofuscar

Tentar minha última cartada

Enfrentar as baleias do oceano

E passar sobre as águas

Esquecer de todas as mágoas

E deixar o coração flutuar

É tão grande todo esse mar

Mas em qualquer azul deste lugar

Será sempre o mesmo naufragar...



A de Antônio

Nenhum comentário:

Postar um comentário