16 de jul de 2013

O amor é sempre mais forte...

Não sei lhe negar


Por mais que eu queira
por mais ache que seja besteira
por mais que loucura pareça
ah, meu Deus
por que não me esqueço
e desse lembrar me padeço
e só fico a lhe esperar?

Sei de meus limites
dessa minha paixão
as esquisitices
já me são rotineiras

ah por que me puxaram as esteiras
por que me arrancaram as cadeiras
desse meu circo a agonizar

ah quantas vezes fui mil palhaços
quantas vezes os estilhaços
bateram em mim sem penar.

Eu sei que fui o culpado
não você, foi eu o mais rogado
o que tudo colocou a perder

ah agora estou assim
vivendo o esquecer
mas não posso me negar
nem a mim nem a você
que eu ainda lhe quero
e por isso sempre espero
você me aparecer.

A de Antônio

Nenhum comentário:

Postar um comentário